Avançar para o conteúdo principal

"OS POETAS" - Alfredo Costa Pereira

Arte de Arte de Max-Liebermann-Flowers-at-the-Gardener

"OS POETAS"

Os Poetas notam em êxtase os infinitos;
Entendem o cantar das águas, respiram 
Ramos carregados de flores que miram! 
Às Almas humildes dão tesouros escritos;

Às almas ansiosas dão as silvas ardentes;
Às almas fortes dão a doçura e meditação;
Às tímidas a riqueza dos sonhos ausentes;
Às severas a graça a ternura e a reflexão!

São sonhos, gotas que vão desamparados
Atirando! Quando a Lua passa em bênção
No alvoroço das estrelas, ficam inspirados!

São também dos Poetas, mistérios e todos
Os deslumbres que os Homens pensam, 
Envoltos na sua saudade, a seus modos!

Alfredo Costa Pereira

Comentários

UNO LITERÁRIO

"UM PIANO NA MINHA RUA..." | Fernando Pessoa

"UM PIANO NA MINHA RUA..." Um piano na minha rua… Crianças a brincar… O sol de domingo e a sua... Alegria a doirar…
A mágoa que me convida A amar todo o indefinido… Eu tive pouco na vida Mas dói-me tê-lo perdido.
Mas já a vida vai alta Em muitas mudanças! Um piano que me falta E eu não ser as crianças!
Fernando Pessoa, Poesias